O nervosismo é melhor que a calma, segundo estudo

Uma psicóloga de Harvard, Alison Wood Brooks descobriu através de experimentos que o nervosismo pode ser mais útil que a calma, por exemplo, em uma situação em que a pessoa tem que se apresentar em público.

A calma é com certeza uma arma muito poderosa para se lidar com situações mais difíceis. Mas para a ciência há controvérsias.

A especialista realizou três testes, sendo o primeiro utilizando 140 participantes. Nos testes os participantes tiveram que gravar um discurso. Era necessário que eles falassem algumas frases, onde em sequência, o pessoal iria avaliar sua apresentação. Os que estavam aparentemente nervosos se saíram bem melhor, e demonstraram ser mais persuasivos.

No segundo teste, foram utilizados 188 pessoas, onde elas tinham que falar algumas frases e fazer alguns testes de matemática. As pessoas que estavam mais nervosas tiraram cerca de oito pontos a mais do que as pessoas que estavam mais calmas.

No terceiro e último teste, outras 113 pessoas tiveram que cantar em um videokê. Os batimentos cardíacos eram monitorados para que fosse avaliado o quanto eles estavam ansiosos. O resultado foi que os mais inquietos ou nervosos alcançaram as maiores pontuações.

Conclui-se que, a ansiedade e o nervosismo andam juntas, e as duas são caracterizadas pela excitação. Segundo especialista, é um ponto extremamente positivo em algumas situações.