Bizarro Curiosidades Fantasmas Mistérios

Você sabe o que é Nictofobia? Talvez você tenha essa fobia

Nictofobia é uma fobia que consiste no medo do escuro ou da noite. Pessoas que possuem muito medo da escuridão sofrem dessa fobia. É muito comum desencadear em crianças, sendo bem mais raro ocorrer em adultos. Normalmente é causado pelo fato de que a pessoa não consegue enxergar no escuro, então consequentemente ela tem medo do que pode aparecer, do que ela não pode ver.

Além da denominação de Nictofobia, ela também pode ser conhecida por escotofobia, acluofobia, ligofobia ou mictofobia. Se uma criança que sofre dessa fobia não for tratada quando criança, pode piorar na fase adulta e acarretar transtornos futuros.

Em locais muito mal iluminados, as coisas parecem ser o que não são. Segundo especialistas, o medo é totalmente irracional e o que se teme não é real, mas isso não faz com que alivie o pânico de estar no escuro.

Muitas vezes um ruído, uma sombra qualquer, um barulho de vento, pode fazer com que estimule a nictofobia, fazendo com que a imaginação de uma pessoa vá muito além, então, começa-se imaginar coisas assustadoras, onde normalmente causam frios na barriga, na espinha e arrepios.

Dizem que o escuro é inimigo número um da razão, fazendo com que a pessoa a perca quando se sente ameaçada por algo que não consegue ver, pois o temido não é real.

Devido ao medo de escuro que assola milhões de pessoas, muitos diretores de cinema aproveitaram para colacar em evidência em seus filmes de terror e suspense, se baseando sempre em contos e histórias que envolvessem todo o ocorrido em relação ao escuro.

Origem

A etimologia dessa doença relaciona Nix, a deusa da noite, com Fobos, o deus do terror, e é algo quase tão antigo quanto a própria humanidade.

Os antropólogos acreditam que antigamente os humanos não sofriam desse medo, porém com o tempo, as novas gerações foram aos poucos introduzindo esse medo no DNA das pessoas, o que começava-se a crer que durante a noite coisas assustadoras poderia acontecer, pois os ladrões, assassinos, animais ferozes viriam fazer o mal quando escurecesse.

Caso acontecesse algo trágico à noite e não aparecesse ninguém real para levar a culpa, logo esse episódio era tratado como algo sobrenatural. Com isso começaram a assimilar a noite com os fantasmas, demônios, fantasmas, lobisomens, vampiros e outros monstros que não podemos ver, mas que muitos acreditam que realmente existam e que só aparecem no cair da noite.

Biologicamente uma pessoa não possui uma visão noturna e vai sempre estar em desvantagens diante de predadores noturnos, sendo uma ameaça mortal para os humanos e presas fáceis. O medo do escuro é uma reação natural do ser humano e que por muito tempo serviu como aliada para a sobrevivência à noite.

REDES SOCIAIS