Você sabe o que é estrabismo?

O estrabismo corresponde à perda do paralelismo entre os olhos. Existem três formas de estrabismo, sendo que o mais convencional é o convergente, que é um desvio de um dos olhos para dentro, ou seja, no sentido do nariz, porém, podem ocorrer alguns casos de divergentes, desvio dos olhos para fora, no sentido da orelha, e há ainda os verticais, que são quando um olho fica mais alto ou mais baixo do que o outro, ou seja, há uma diferença de altura entre os olhos. As pessoas que sofrem com o estrabismo são mais conhecidas como estrábicas ou vesgas.

estrabismo-divergente
Estrabismo divergente

Tipos de estrabismo

Existem três maneiras:

  • Concomitantes: O desvio de um dos olhos é permanentemente observado. Podem ser monoculares quando apenas um se desvia e alternados quando ora é um olho ora é outro.
  • Intermitentes: Ora os olhos estão alinhados e ora há desvio. Mais frequente nos divergentes.
  • Latentes: Só é possível verificar com testes oculares.

Definições

Os sintomas e as conseqüências dos estrabismos se manifestam em diferentes formas, dependendo da idade e maneira com que aparecem. A visão de uma pessoa se forma essencialmente nos seis primeiros anos de vida, sendo os dois primeiros os de maior plasticidade sensorial.

Os casos que ocorrem antes dos seis anos de idade possuem um mecanismo de adaptação que faz com que haja supressão da imagem que cai no olho desviado e então a criança ou o adulto que ficou estrábico dentro deste período não apresenta visão dupla.

Os 17 mitos que um dia você já ouviu de sua mãe

Em qualquer idade, as pessoas com estrabismos latentes irão reclamar de dores de cabeça pelo esforço ao tentarem manter os olhos alinhados, pois em situação de desvio há visão dupla. Também tem outra consequência que é o torcicolo, pois para a criança utilizar melhor os dois olhos inclina a cabeça para uma dada posição.

Os estrabismos tem características hereditárias irregulares, então, podem passar de geração para geração com alguns intervalos, existem também os secundários a algumas doenças como: diabetes, hipertireoidismo, afecções neurológicas.

Tratamento

O estrabismo é corrigido com óculos ou cirurgia, no caso do Youtuber PC Siqueira que tinha estrabismo convergente passou por uma cirurgia para a correção. Ele postou um vídeo em seu canal do YouTube mostrando o resultado da operação e diz o que mudou após a correção. PC Siqueira diz que se sente outra pessoa, sua autoestima melhorou e hoje ele se sente muito mais bonito.

pc-siqueira-estrabismo
PC Siqueira

A cirurgia para correção é realizada pelo médico oftalmológico. Nos casos em que o óculos não resolve ou resolve parcialmente, o ideal é a cirurgia.

O estrabismo que consegue resolver apenas pela utilização dos óculos é chamado de acomodativo, e está relacionado, normalmente, à necessidade de correção do grau de hipermetropia.

Somente os desvios latentes e os intermitentes pequenos é que são passíveis de serem auxiliados pelo Ortoptista ( profissional habilitado para auxiliar as pessoas com baixa visão) com exercícios chamados ortópticos. Já os oftalmologistas ficam responsáveis pelos pacientes com implicação de perda de visão, manifestação de doenças oculares e suspeita de desvio ocular (estrabismo).

Os olhos mais bonitos das celebridades femininas

Exercícios visuais também pode ajudar a fortalecer a musculatura do sistema ocular e reprogramas as funções cérebro visuais, diz o Dr.William Horatio Bates. A fisioterapia ocular tem-se mostrado um auxílio no tratamento dos músculos afetados pelo estrabismo.

FONTE (S): Wikipédia
ASSINE NOSSA NEWSLETTER

REDES SOCIAIS

Parceiro