Curiosidades

Qual a origem da missa do galo?

A Missa do Galo é o nome dado pelos católicos, que é celebrada na Véspera de Natal que começa à meia noite de 24 para 25 de Dezembro.

Origem da expressão

A expressão “Missa do Galo” é específica dos países latinos e deriva da lenda ancestral onde à meia-noite do dia 24 de dezembro um galo teria cantado fortemente, anunciando a vinda do Messias, filho de Deus vivo, Jesus Cristo.

Existe também uma outra lenda que é de origem espanhola, onde conta que antes de baterem as 12 badaladas da meia noite de 24 de Dezembro, cada lavrador da província de Toledo, em Espanha, matava um galo, em memória daquele que cantou três vezes quando São Pedro negou Jesus, por ocasião da sua morte. Esse galo era posteriormente levado para a Igreja a fim de alimentar os pobres.

missa-do-galo-celebracao

Nas aldeias espanholas antigamente, era costume levar o galo para a Igreja para que ele cantasse durante a missa, significando isto um prenúncio de boas colheitas. Atualmente, essa prática é proibida.

Outra origem da expressão é citada no livro “De onde vem as palavras”, de Deonísio da Silva, devido ao fato da Missa de Natal normalmente terminar muito tarde “quando as pessoas voltavam para casa, os galos já estavam cantando”.

Além disso, o galo também anuncia o nascer do sol e o seu canto simboliza o amanhecer, comemorado pelos pagãos, como forma de agradecer ao Deus-Sol o surgimento do sol após o longo período de inverno. A missa do galo é normalmente comemorada com muita alegria.

A missa do galo é celebrada, em Roma, desde o século V, na Basílica de Santa Maria Maior. O galo passou a simbolizar vigilância, fidelidade e testemunho cristão. Por isso, no século IX, o galo foi parar no campanário das igrejas.

FONTE: Wikipédia
ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODOS OS ARTIGOS?
Receba diretamente em seu e-mail, um resumo com os novos artigos.

REDES SOCIAIS

Parceiro