Por que os galos cantam de manhã?

O galo é o macho da galinha, comumente tratado como um animal nobre. Antigamente, eles faziam parte de um esporte ilegal em diversos países, denominado de rinha, ou mais conhecido como “briga de galos”. Um galo juvenil é chamado de “frango”, “galeto” ou “galispo”.

Território

Eles defendem seu território com garra, pois não gostam de outros se aproximando do seu harém, sendo então, extremamente territorialistas. Dependendo da espécie, eles são ainda menos sociáveis, e mantém uma relação bem restrita com os outros machos. Quando estão próximos da idade adulta eles se afastam de seus irmãos e procuram mais proximidade com as fêmeas.

Os mais jovens tem muitos conflitos entre si, e respeitam uma espécie de hierarquia depois dos embates, ou respeitando os mais velhos. Mas, depois de um tempo eles começam a se sentir mais confiantes e passam a afrontar os mais velhos na busca pelo domínio de um espaço.

galo

Que mora nas regiões rurais já devem estar acostumados com o canto de madrugada do animal. Na cultura popular, ele é praticamente um despertador natural, por cantarem de madrugada, entre 3h e 5h, possivelmente para demarcar o território onde estão vivendo, mas também cantam durante o dia para se imporem diante de seus rivais.

São aves de hábitos diurnos, que costumam dormir e acordar cedo. Quando nasce o dia, o galo canta para avisar ao galinheiro que está por perto e que continua no comando, além disso, o canto tem a função de afastar possíveis concorrentes. O galinheiro tem somente um galo, caso contrário, apenas um sobreviveria à luta pela liderança.

Mas, existem controvérsias, acredita-se que o canto para demarcar seu espaço e se impor não seja verdadeiro, pois os galos mais fracos e os frangos também cantam. Parece que o canto é algo natural desses animais, como se eles quisessem apenas se comunicarem e não impor rivalidades e espaços.

Eles costumam cantar logo após ouvirem os demais cantando, independente da distância, formando um círculo de canto que pode envolver os outros animais de diversos lugares. Existe uma preparação para o início do canto, eles estufam o peito e abrem a crista.