Curiosidades Mundo Animal

Por que o beija-flor consegue ficar pairando no ar?

O beija-flor é conhecido por diversos nomes, como colibri, cuitelo, chupa-flor, pica-flor, chupa-mel, binga, guanambi, entre outros. Ela pertence a família Trochilidae, composta por 108 gêneros e 322 espécies conhecidas.

No Brasil, alguns gêneros recebem outros nomes, como os rabos-brancos do gênero Phaethornis ou os bicos-retos do gênero Heliomaster. No sistema classificativo de Sibley & Ahlquist, a família Trochilidae integrava uma ordem própria, a Trochiliformes.

Os beija-flores são aves pequenas, que chegam a medir em média de 6 a 12 cm de comprimento e pesam de dois a seis gramas. O bico é normalmente longo, mas o formato preciso varia bastante com a espécie e está adaptado ao formato da flor que constitui a base da alimentação de cada tipo de beija-flor. Uma característica comum é a língua bifurcada e extensível, usada para extrair o néctar das flores.beija-flor

O beija-flor é tão rápido, que mal conseguimos acompanhá-lo com os nossos olhos. Toda essa agilidade se deve a velocidade com que o beija-flor bate as asas, que é muito mais rápida que os outros pássaros. ele chega a bater as asas mais de 80 vezes por segundo e as penas da cauda direcionam o voo em três direções.

As asas dessa ave são bem pequenas, e seu modo de voar é bem diferente dos demais. Eles possuem impulsos elétricos que movimentam os músculos de suas asas lembram mais os dos insetos do que os das aves. Aparentemente, acredita-se que o beija-flor movimenta suas asas de cima para baixo, mas não, é da frente para trás, na horizontal.

Sua ligação com o corpo não é rígida e pode se movimentar como uma hélice. Assim, como um helicóptero, formam-se os redemoinhos de ar que a mantêm pairando no ar. Essa tática só é usada quando o pássaro precisa se alimentar, pois, parar no ar evita que a ave necessite pousar próximo das flores, o que nem sempre é possível.

O beija-flor gasta mais energia que as outras aves, pois ela voam com mais astúcia. Ela tem a necessidade de passar o dia inteiro em busca do néctar para repor suas energias. Apesar disso, elas são consideradas uma das mais resistentes criaturas do reino animal, vivendo no limite do que é possível aos outros vertebrados.

Outra curiosidade é a de que, o seu coração pode bater cerca de 500 vezes por minuto, quando está em repouso. Muito né? Fazendo as contas, o minúsculo coração do beija-flor chega a bater mais ou menos meio bilhão de vezes, ou seja, quase o dobro do total de uma pessoa de 70 anos de idade.

FONTE: Super Abril / Wikipédia

REDES SOCIAIS