Por que beber demais dá vontade de vomitar?

beber demais bêbado

O excesso do consumo de bebidas alcoólicas pode trazer diversos efeitos negativos, inclusive o enjoo, o mal estar, o vômito e aquela sensação de que o mundo está girando. Quando a pessoa consome álcool em excesso o nosso organismo tem uma tendência voluntária de eliminar a substância através do vômito e essa ação não tem como ser controlada, porque o nosso corpo necessitar expelir o excesso da bebida para fora do organismo.

Quando o organismo detecta que existe álcool em excesso em nosso corpo e que não cabe mais quantidade em nosso estômago,  logo o organismo expeli esse excesso, além disso, o vômito também pode ser causado por uma reação da intoxicação causada pela bebida alcoólica, portanto, o vômito é uma forma que o organismo encontra para se livrar das toxinas da bebida.

No caso de uma ressaca alcoólica, o corpo também apresenta a necessidade de eliminar o excesso da bebida consumida no dia anterior. Vale ressaltar que o estômago é uma parte do nosso corpo muito sensível, que reage automaticamente quando ocorre excesso ou exagero, tanto na alimentação quanto no consumo de álcool.

Limite para o consumo

Beber, faz parte do cotidiano de milhões de cidadãos, se tornando muitas vezes uma rotina para a maioria dessas pessoas, porém, o ideal é que beba com moderação, ou seja, dentro do seu limite, a fim de evitar aquela desagradável ressaca do dia anterior. Beber além do que seu organismo comporta, pode levar a pessoa a passar por situações embaraçosas, como vomitar em público ou até causar aquele vergonhoso “barraco”, mas o pior de tudo são os males que faz para à saúde.

Cuidados

O ideal é que após a longa bebedeira da noite interior procure beber bastante água, sucos ou isotônicos para se hidratar, uma vez que os vômitos causam essa desidratação. De acordo com pesquisas, o fato de você consumir apenas 40 mg de etanol por 100 mL já é um bom motivo para provocar o desconforto da ressaca.

É comprovado que o consumo em excesso pode acarretar em coma alcoólico, que nesse caso exige remoção da pessoa para um hospital onde se é aplicado a glicose no organismo, para restabelecer a consciência. Para piorar, a bebida em consumo descontrolado também pode ocasionar uma overdose, levando a pessoa à morte.