Os seres da natureza mais perigosos do mundo

Os seres da natureza mais perigosos do mundo

Os seres mortais que são encontrados na terra e na água. Enquanto uns podem parecer inofensivo, principalmente o primeiro, eles conseguem levar milhões a morte a cada ano, portanto não se enganem com as aparências.

1. Mosca Tsé-Tsé

Essa mosca transmite a doença do sono, uma das enfermidades mais devastadoras da África. Essa doença a ataca o sistema nervoso central e afeta o relógio biológico. A doença causa alterações de personalidade e tem sintomas que incluem confusão mental e dificuldade de andar e falar. Sem tratamento, ela pode provocar coma e ser fatal.

Cerca de 70 milhões de pessoas em 36 países da África subsaariana se encontram em situação de risco. Em 2009, após diversos esforços para controlar a doença, a Organização Mundial de Saúde contabilizou 9.878 casos – um número abaixo de 10.000 pela primeira vez em 50 anos. Em 2012 foram registrados 7.216 casos, mas estima-se que a quantidade real beire os 20.000.

mosca-tse-tse-glossina-fuscioes

2. Dendrobatidae (Poison Dart Frog)

Nas costas dessa espécie escorre uma neurotoxina fatal que serve na verdade para se proteger e se manter longe dos predadores. Cada espécie dessa de rã chegam a produzir toxina o suficiente para matar até 10 pessoas, embora, estranhamente, quando estão em cativeiro elas não secretam esse veneno . Essa espécie são extremamente brilhantes e coloridas e habitam principalmente na América do Sul e Central.

3. Búfalo Africano (Cape Buffalo)

Esse animal chega a pesar 1,5 toneladas e, quando se sentindo ameaçados ou em perigo se armam com seus chifres extremamente afiados como uma navalha. Eles chegam a ter até 1,7 metros de altura e 2,8 metros de comprimento. Os seres humanos, os leões e demais felinos são praticamente seus únicos predadores.

Todos os anos ocorre uma episódio envolvendo o Cape Buffalo, que é conhecido por espancar e matar várias pessoas, segundo alguns conhecedores, os mesmos dizem que esse animal é o que mais mata seres humanos na África por ano do que qualquer outo tipo de criatura.

cape-buffalo

4. Urso Polar (Polar Bear)

Estas criaturas são enormes e nativas do Ártico, nas proximidades do Alasca, também conhecido como urso-branco. Ele é o maior carnívoro terrestre e come regularmente elefantes marinhos, focas, dentre outras. Ele pode chegar a cortar a cabeça de um ser humano apenas pelo golpe de sua pata.

5. Elefante Africano (African Elephant)

Os elefantes africanos possuem presas muito afiadas e não são tão amigáveis quanto parecem ou que muitos acreditam. Eles chegam a matar mais de 500 pessoas por ano. O macho de uma das espécies de Loxodonta, o elefante-da-savana, atinge em média 3,3 metros de altura até os ombros e chega a pesar 5,5 toneladas, o que o torna, não só o maior mamífero, mas o maior animal terrestre existente.

elefante-africano

6. Crocodilo de Água Salgada (Saltwater Crocodile)

Este é o maior de todos os répteis e é encontrado principalmente no norte da Austrália e no Sudeste Asiático. Os machos chegam a medir de 4,8 a 7 metros de comprimento, pesando até 1,6 toneladas, porém há relatos de que existam maiores, diferentemente das fêmeas que chegam a medir de 2,1 a 3 metros. Esta criatura é capaz de matar e comer animais tranquilamente e até um pequeno búfalo. Seu maxilar possui de 64 a 68 dentes extremamente grandes e afiados e podem esmagar em uma única dentada o crânio de um bovídeo adulto. Quando estão atacando, eles fazem o “rolo da morte” que é quando ele prende um animal ou um ser humano com os dentes  e começa a rolar. Na água, o crocodilo pode se mover tão rápido quanto um golfinho.

7. Leão Africano (African Lion)

O Leão Africano é uma espécie de mamífero carnívoro do gênero. Essa espécie é atualmente encontrada na África subsaariana e na Ásia, sendo que corre grandes riscos de extinção, sendo já extinto na África do Norte e no Sudoeste Asiático. Chegam a pesar até meia tonelada. Eles são grandes caçadores, e matam cerca de 70 pessoas por ano na Tanzânia. É uma dos quatro grandes felinos, com alguns machos excedendo 250 kg em peso, sendo o segundo maior felino recente depois do tigre.

leao-africano

8. Tubarão Branco (Great White Shark)

Este tubarão é simplesmente gigantesco e é encontrado em praticamente todos os principais oceanos. Ele chega a atingir até 6 metros de comprimentos e pode pesar até 5 toneladas . O tubarão branco é o maior predatório do mundos dos peixes.

O tubarão-branco é uma ameaça que requer cuidados extremos, já que mostra comportamento alimentar muito diversificado. No normal se alimentam de focas e leões marinhos, portanto essa espécie se mostra agressiva à qualquer animal – presa – que transite próximo.

Para se ter uma ideia da visão desses animais, eles conseguem distinguir espécies de leões marinhos e diferenciar o ataque por espécie, para evitar um possível ferimento durante a caça. Como o corpo de humano não possui tanta gordura, o tubarão pode não partir para o segundo ataque. O tubarão-branco pode projetar sua mandíbula durante um ataque, o que aumenta o ângulo da mordida.

9. Cubozoa (Box Jellyfish)

Ela é mais conhecida como a água-viva, chegando a  ter até 60 tentáculos de até 15 pés. Cada tentáculo tem toxina o suficiente para matar 50 humanos. Esse tipo de espécie são muito encontrados na Austrália, nas Filipinas, e nas áreas tropicais. Desde 1884, houveram ocorrência de pelo menos 5.567 mortes vinda dessas criaturas.

Box-Jellyfish

10. Taipan do Interior (Oxyuranus microlepidotus)

A taipan é uma cobra da família elapidae e é encontrada no litoral e no out back australiano. Existem seis espécies conhecidas. A espécie inland taipan (Oxyuranus microlepidotus) é considerada a cobra mais venenosa do mundo. Possui um veneno hemotóxico potente e complexo (que faz o sangue se liquifazer, destruindo as células sanguíneas, podendo ocorrer hemorragias internas), inoculado através de duas presas fixas que tem na parte posterior da boca, capaz de matar um ser humano em menos de 45 minutos.

Estima-se que o veneno disponível em suas presas seria capaz de matar 100 homens ou 250.000 ratos. A espécie taipan comum, por sua vez, é considerada a terceira cobra mais venenosa do mundo. É da mesma família da cobra Coral e Naja.

Ela é grande, possui de 2,5 a 3 metros de comprimento, tem escamas lisas com a coloração creme e/ou marrom. Se alimenta de pequenos mamíferos. Ela é, de todas as serpentes elapídeas, a que possui as maiores presas. Em setembro de 2012 na cidade de Kurri Kurri (Nova Gales do Sul, Austrália) um adolescente de 17 anos foi picado por uma Taipan e sobreviveu.

Mesmo depois de administrar o antídoto, raramente uma vítima sobrevive. Raramente vista, a taipan também é chamada de cobra-feroz. Arisca, prefere não enfrentar predadores a menos que a ataque, sendo raros os casos de ataques a humanos.

cobra-inland-taipan

11. O Mosquito da Malária (The Mosquito)

O mosquito transporta e transmite uma doença infecciosa e provocada por protozoários parasitários do gênero Plasmodium. Essa doença é responsável por milhões de mortes ao ano. Além disso são responsáveis por transferir doenças a mais de 70 milhões de pessoas.

O diagnóstico de malária é geralmente realizado através de análises microscópicas ao sangue que confirmem a presença do parasita ou através testes de diagnóstico rápido para a presença de antigênios.

A Organização Mundial de Saúde estima que em 2010 tenham ocorrido 219 milhões de casos documentados de malária. No mesmo ano, a doença matou entre 660 000 e 1,2 milhão de pessoas, muitas das quais crianças africanas. Não é possível determinar com precisão o número real de mortes, uma vez que não há dados suficientes para grande parte das áreas rurais e muitos dos casos não são sequer documentados. A malária está associada com a pobreza e pode ser um entrave significativo ao desenvolvimento econômico.

mosquito-da-malaria

VEJA ESSES ARTIGOS TAMBÉM:

Deixe seu comentário

Clique aqui para deixar um comentário