Curiosidades Mundo Animal

O bicho-preguiça leva uma semana para digerir a comida

O bicho-preguiça tem em todos os dedos longas garras, onde são utilizadas para se pendurar nos galhos das árvores, com o dorso para baixo. Seu nome provêm do metabolismo muito lento do seu organismo, responsável pelos seus movimentos extremamente vagarosos.

É um animal que possui pelos longos e que vive na parte superior das árvores de florestas tropicais desde a América Central até o norte da Argentina. Na Mata Atlântica, o animal se alimenta dos frutos da Cecropia (a embaúba, conhecida, por isto, como árvore-da-preguiça).

Essas espécies de animais são dispostos de hábitos solitários, além disso, a preguiça tem, como defesa, sua camuflagem e suas garras. A preguiça utiliza dentes com forma de uma pequena serra para se alimentar. Herbívoro, tem hábitos alimentares limitados, o que torna difícil sua manutenção em cativeiro.

bicho-preguiça

Pendurados em árvores, eles conseguem dormir aproximadamente catorze horas por dia. Na reprodução, dá apenas uma cria, sendo que, apenas a fêmea cuida do filhote. Reproduz-se, como tudo que faz, na copa das árvores. É extremamente raro eles desceram ao chão, somente a cada sete dias para fazer as suas necessidades fisiológicas. Seu principal predador é a onça-pintada.

Digestão lenta

As preguiças necessitam das bactérias em seus estômagos para que possuam efetuar a absorção dos alimentos. Além disso, sua taxa de digestão é totalmente dependente da temperatura do ambiente. Se é noite ou se estiver na sombra, a sua taxa de digestão diminui.

Nas épocas de frio e na estação chuvosa pode ser especialmente difícil para as preguiças realizar a digestão. As maiorias das preguiças mortas podem ser encontradas a partir de junho a setembro. Isto é porque fica tão frio que as preguiças não conseguem digerir a comida rapidamente, se não conseguirem digerir com rapidez, acabam morrendo de fome. Curiosamente, as preguiças podem passar fome mesmo com a barriga cheia.

ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODOS OS ARTIGOS?
Receba diretamente em seu e-mail, um resumo com os novos artigos.

REDES SOCIAIS

Parceiro