Entenda porque temos pesadelos aterrorizantes

pesadelos

Quantos acordamos no meio da noite assustados devido a um pesadelo aterrorizante, logo ficamos com aquela sensação ruim. Ter pesadelo é uma explosão de sentimentos, como susto, medo, suor, pavor, enfim, mas por que temos pesadelos?

O que são os Pesadelos?

Pesadelo é um sonho perturbador associado a sentimentos ruins, como o medo, susto e ansiedade. Normalmente os pesadelos e os sonhos ocorrem durante o período do sono conhecido como R.E.M., um pouco antes da pessoa acordar. O sono R.E.M., ou movimento rápido dos olhos, que é a fase do sono na qual ocorrem os sonhos mais vívidos. Durante esta fase, os olhos se movimentam rapidamente e a atividade cerebral é similar aquela que se passa nas horas em que se está acordado.

Pesadelos são muito comuns nas pessoas, porém quando são apenas ocasionais, então não há necessidade de se preocupar, mas quando começam a ser frequentes podem comprometer na qualidade do sono, sendo recomendado que seja feito um diagnóstico e estudo da situação. O diagnóstico de transtorno de pesadelo é feito quando ele gera problemas contínuos para a realização dos afazeres diurnos ou graves desconfortos.

Os pesadelos se iniciam quando a criança tem de três a seis anos, mas tendem a diminuir depois dos dez anos. Contudo, adolescentes e adultos podem ter pesadelos ao longo da vida.

Causas

Não existe um fator único para os pesadelos, podem ser por diversas causas, tanto em adultos quanto em crianças. Porém o pesadelo pode ser diagnosticado como ruins quando são uma espécie de transtorno em que a pessoa não consiga relaxar por causa deles.

Dentre os fatores que podem ocasionar os pesadelos estão o estresse, a ansiedade, eventos traumáticos, medicamentos, privação do sono, abuso de substâncias, histórias assustadores, dentre outros fatores que potencializam os pesadelos.

 Prevenção

Não existe exatamente uma forma precisa para controlar os pesadelos, mas algumas atitudes podem ser tomadas como prevenção:

[mks_dropcap style=”square” size=”25″ bg_color=”#8c0101″ txt_color=”#ffffff”]1.[/mks_dropcap]Evitar contar histórias de terror antes de dormir para crianças ou adultos que se impressionam facilmente;

[mks_dropcap style=”square” size=”25″ bg_color=”#8c0101″ txt_color=”#ffffff”]2.[/mks_dropcap]Diminuir a quantidade de cafeína ingerida durante o final da tarde e a noite;

[mks_dropcap style=”square” size=”25″ bg_color=”#8c0101″ txt_color=”#ffffff”]3.[/mks_dropcap]Não abusar do álcool;

[mks_dropcap style=”square” size=”25″ bg_color=”#8c0101″ txt_color=”#ffffff”]4.[/mks_dropcap]Não utilizar drogas ilícitas, principalmente as que possuem efeitos alucinógenos;

[mks_dropcap style=”square” size=”25″ bg_color=”#8c0101″ txt_color=”#ffffff”]5.[/mks_dropcap]Fazer atividades físicas, pois durante o exercício físico são liberadas endorfinas que contribuem com um sono mais tranquilo.

São algumas dicas para que a pessoa evite de ter pesadelos ou sonos ruins, caso os pesadelos persistam, procure a ajuda de um psicólogo. Quanto melhor a sua qualidade do sono, melhor será o seu dia na manhã seguinte.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

REDES SOCIAIS

Parceiro