É verdade que a cerveja realmente engorda?

É verdade que a cerveja realmente engorda?

Será que a cerveja de fato realmente engorda e dá barriga? A verdade é que não há nada mais refrescante do que uma boa caneca de cerveja após um dia de trabalho estressante e um dia muito quente. Mas será que estamos condenados a virar um barril se continuarmos a consumir aquela cervejinha gelada? Bom, ao longo do artigo você irá descobrir.

Os benefícios da cerveja

A cerveja é uma bebida produzida a partir da fermentação de cereais, principalmente a cevada maltada. Considerada um das primeiras bebidas alcoólicas criadas pelo ser humano. Atualmente, é a terceira bebida mais popular do mundo, logo depois da água e do chá, sendo a bebida alcoólica mais consumida no mundo atualmente. O nível de álcool não é muito elevado, apenas  de 4% e 7% do seu volume.

É sabido que o consumo de cerveja é bastante saudável, mas desde que o consumo de álcool seja em doses moderadas. A cerveja trás o benefício de diminuir severamente o surgimento de doenças cardíacas. O epidemiologista Carl Seltzer, da Universidade de Harvard, em 1972, constatou através dos dados do Framingham Heart Study que o uso moderado do álcool pode ser agente profilático contra as doenças cardíacas.

Se ingerido com moderação, o álcool presente na cerveja é capaz de promover um incremento no HDL (também conhecido como “colesterol bom”), auxiliando assim na prevenção de derrames e infartos, então o consumo até três doses diárias de bebida alcoólica é capaz de reduzir o risco de cardiopatias em até 40%, boa notícia não é?

Após os estudos de Seltzer em 1972, mais tarde cientistas de Munique, na Alemanha, Ingleses e Tcheco também chegaram a conclusão de que o consumo da cerveja, é capaz de diminuir significativamente o aparecimento de doenças do coração.

Ele também tem um bom fornecimento de vitaminas B, além de antioxidantes, e diversos minerais, tais como sódio, potássio, magnésio, fósforo e cálcio classe, além de prevenir a osteoporose e o câncer, diabetes tipo 2 e arterioscleroses.

Cerveja realmente engorda?

Um copo de cerveja possui cerca de 100 a 150 calorias, não mais que um copo de leite, de suco ou de iogurte. Não é muito, porém o problema é que você não consegue parar no primeiro corpo, aí sim a cerveja pode se tornar um grande vilão em relação ao seu peso. É por esse fator que as pessoas dizem que a cerveja engorda, pois se você tomar mais de um copo, já estará ingerindo uma quantidade razoável de calorias.

Mas não é só por isso que a cerveja pode engordar. Quando você está no barzinho com os amigos, tomando aquela cerveja gelada, normalmente não consegue só ficar na cerveja e sente a necessidade de comer alguma coisa como aperitivo. Este sim é o grande vilão e pode ser outra armadilha que faz com que você ganhe peso rapidinho. Então o consumo de comidas calóricas como porções e petiscos gordurosos é o que faz o seu corpo acumular gordura.

Grandes quantidades de álcool no organismo aumentam a produção de insulina, e em excesso, esse hormônio favorece o ganho de peso. Então inevitavelmente deixaremos de ganhar uns quilinhos, já que beber apenas um ou dois copos de cerveja quando reunidos com os amigos e deixar de saborear os petiscos e porções deliciosos é um pouco improvável, por isso, beba com moderação.

Cerveja dá barriga?

Alguns pesquisadores do Instituto de Nutrição Humana Potsdam Rehbrucke e da Universidade de Ciências Aplicadas Fulda (Alemanha), em parceria com a Universidade de Gotemburgo, na Suécia, fizeram estudos com cerca de 22 mil pessoas por oito anos e verificaram seus hábitos pelo consumo de cerveja ao longo do tempo, medindo a circunferência da suas barrigas.

O resultado mostrou que bebedores habituais de duas latinhas por dia ganham peso, sim, porém não exatamente em cima da cintura. Chegaram a conclusão de que o acúmulo de gordura em determinada região do corpo é mais ligada a fatores genéticos do que a bebida e que tanto os homens consumidores de cerveja como os que não consumiam ganharam massa gordurosa em cima da cintura em proporções iguais. Já as mulheres tiveram um maior crescimento nos quadris. Portanto, cerveja não causa barriga.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

REDES SOCIAIS

Parceiro