Curiosidades Mundo Animal

E se cortássemos o bigode de um gato?

Nossos queridos felinos possuem diversas características perceptíveis, mas existe um detalhe nele que provavelmente um dia você já deve ter se perguntando porque existem, como os lindos bigodinhos, denominado como “vibrissas”. Esses pelos são de extrema importância para os felinos e jamais devem ser cortados.

As vibrissas, popularmente chamadas de “bigode” são órgãos sensoriais próprios de certos animais, principalmente dos mamíferos. São prolongamentos de pelos queratinosos entre os mamíferos e plumas dos pássaros que transmitem vibrações aos órgãos sensoriais situados na base. São encontrados em quase todos os mamíferos, tendo-se poucas exceções, como os golfinhos, por exemplo. Nos humanos são encontradas nas fossas nasais.

bigode-do-gato

Os longos bigodes do seu felino conseguem perceber durante o escuro os perigos que podem estar próximos, e que ele não enxerga. Estímulos são enviados ao cérebro para produzir os reflexos necessários à proteção. “O leopardo fecha os olhos quando ataca uma presa para não se ferir caso ela esteja viva.

Seus bigodes ficam virados para frente de forma que possa identificar se o animal atacado está vivo ou morto, através do tato”, informa. De acordo com o biólogo, o mesmo mecanismo sensorial também existe em outras espécies que possuem bigodes, como os leões marinhos, as focas e as lontras.

Normalmente, os felinos tem cerca de uma dúzia de bigodes, que se localizam em quatro fileiras sobre os lábios superiores, alguns nas bochechas, e outros fios sobre os olhos e o queixo. Os fios mais elevados têm uma movimentação independente, diferente dos inferiores, para a obtenção de medições ainda mais precisas.

Assim como nossos cabelos, o bigode do gato chega a crescer mais de 1 cm por mês. Já os tigres são os felinos que possuem os maiores bigodes e também os mais grossos.

bigode-dos-gatos

Se caso ele tenha perdido seu charmoso bigodinho, verá que ele não terá os mesmos sensores naturais, uma vez que ele não irá mais perceber a presença de objetos que podem machucar seus olhos e assim não receberá a tempo o sinal para fechá-los.

Além disso, os locais estreitos para ele passariam a ser um martírio, o que o deixaria totalmente atrapalhado, como por exemplo, passar por corredores estreitos já não seria mais tão simples como antes, pois os bigodes também servem para medir as distâncias.

O ideal seria mantê-lo dentro de casa até que seu bigode cresça novamente, e eles crescem e voltam ao normal. Não se preocupe!

ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODOS OS ARTIGOS?
Receba diretamente em seu e-mail, um resumo com os novos artigos.

REDES SOCIAIS

Parceiro