Curiosidades

Curiosidades sobre a maconha que você não sabia

A maconha, denominado cientificamente como Cannabis sativa, é uma das drogas mais usadas em todo o mundo, devido ao fácil acesso e ao preço acessível. O modo mais utilizado para usá-la é fumando enrolado em um papel, ou até mesmo através de um cachimbo. O que traz os efeitos alucinógenos é uma substância muito poderosa chamada de tetrahidrocanabinol (THC), que varia de quantidade, dependendo da forma como a maconha é produzida ou fumada.

Estudos do efeito da Cannabis à saúde envolvem tanto seu aspectos terapêuticos quanto os adversos ou tóxicos. Apesar dos recentes investimentos em pesquisa sobre sua composição bioquímica, formas de uso farmacológico ou étnico-histórico, risco toxicológico e potencial terapêutico na clínica de distintas patologias, ainda não se possui um consenso quanto aos prejuízos ou benefícios de sua utilização.

fumar-maconha

Dentre a relação da Cannabis sativa ou maconha e a saúde humana, há vários efeitos positivos e negativos que podem variar de acordo com a condição psicológica de cada usuário e o uso ou abuso da droga. No entanto, os pesquisadores, divergem quanto a nocividade e utilização medicinal.

Veja algumas curiosidades sobre a utilização da maconha antigamente e outros informativos sobre a droga.

1. Por que a pessoa sente fome quando fuma maconha?

Mais conhecida como “larica”, ou seja, uma fome fora do normal. Esse é o sintoma quando a pessoa fuma maconha, mas porque isso acontece? Bom, tem tudo haver com o THC, que é um ingrediente ativo da maconha que inibe um receptor canabinoide conhecido como CB1. Esse receptor é também um dos responsáveis pela informação ao hormônio da supressão da fome, a leptina. Quando o CB1 é bloqueado, a leptina não se ativa.

2. Overdose com maconha? Quase impossível

Acredito que você nunca tenha ouvido falar de alguém que teve overdose ao fumar maconha. Então, na verdade seriam necessários mais de 800 cigarros de maconha para matar alguém e a causa dessa provável morte seria por asfixia de monóxido de carbono e não pelo THC!

3. Maior produtor

Incrivelmente, o Paraguai é o maior produtor de Marijuana do Mundo. Imagine só o tanto que não deve ter nesse país.

4. Tratamento medicinal

A maconha foi primeiramente utilizada como tratamento medicinal na China em 1737. Ela era utilizada para diminuir as dores causadas pelo reumatismo e a gota.

5. Cânhamo

A primeira lei emitida sobre a maconha exigia que os fazendeiros plantassem cânhamo. As colônias cultivavam o cânhamo para a produção de vestuário, velas e cordas.

6. Famosos que foram donos de plantação

George Washington e Thomas Jefferson já fora donos de plantações de maconha. Jefferson redigiu a Declaração de Independência em um papel feito de maconha.

7. Super valorizada

Nos Estados Unidos, a maconha é a quarta colheita mais valorizada do mundo. Representa cerca de 36 bilhões de dólares.

8. Liberado

Na França, Áustria, Finlândia e Canadá pode utilizar a maconha somente para fins medicinais, já na Argentina, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estônia, México e Peru, Portugal, Espanha, Suíça, Itália, Alemanha, Bélgica e República Tcheca o seu uso não é um crime, sendo assim, liberado. Nos Estados Unidos, somente dois Estados, Washington e Colorado, a venda de maconha é legalizada. Em outros 14 a droga é descriminalizada. Na Holanda a venda da maconha é permitida em lojas específicas, os coffee shops. O consumo não é criminalizado.

9. Maconha vs. Cigarros

Apesar de haver entre os usuários uma ideia disseminada de que fumar maconha é menos prejudicial aos pulmões do que fumar tabaco, isso não é verdade. Estudos mostram que fumar de 3 a 4 cigarros de maconha por dia equivale a fumar mais que 20 cigarros de tabaco, porque o pulmão do fumante de maconha recebe uma carga líquida de material particulado cerca de quatro vezes maior do que o fumante de tabaco.

10. Flores secas

Somente com as flores secas da planta feminina é possível entrar em transe e ficar chapado. Plantas masculinas são basicamente utilizadas para fertilizar a planta feminina.

11. Segunda Guerra

Na Segunda Guerra Mundial, a erva era utilizada como “remédio” do tipo anestésicos e analgésicos pelo governo norte-americano.

12. Vaporização

Você deveria vaporizar a maconha ao invés de fumar. Um vaporizador aquece a maconha quase que fervendo, evaporando o THC, mas sem queimar, então você consegue ficar chapado sem tragar a fumaça proveniente da combustão.

13. Marijuana

A palavra Marijuana é desconhecida na etimologia do espanhol falado no México. Ela substituiu a palavra cannabis e cânhamo na década de 1930.

14. Recorde de baseado

O maior cigarro de maconha do mundo tinha 100 gramas de maconha.

15. Perca de memória

Alguns estudos têm mostrado que o uso da maconha frequentes na adolescência está associada a piora na memória, atenção, ativação anormal do cérebro e pior funcionamento da substância branca no cérebro, mesmo após 28 dias de abstinência, e que pode sim causar danos permanentes ao cérebro.

REDES SOCIAIS