Curiosidades

Conheça alguns mitos sobre o mau hálito

Estima-se que grande parte da população sofra com problemas da halitose ou popularmente conhecido como mau hálito, que é a exalação de odores desagradáveis oriundos da cavidade bucal através da respiração ou da fala.

Chega uma hora em que o olfato se adapta rapidamente a qualquer odor, então, o portador da halitose passa a se acostumar com o próprio hálito, afinal de contas, já não o sente mais.

mau-halito

1. Somente a escovação é suficiente para remover os germes?

Não. A escovação isoladamente não remove os milhões de germes que estão dentro da boca, pois os que estão dentro da boca rapidamente recolonizam os dentes e podem formar a placa bacteriana e a gengivite, responsáveis muitas vezes pela halitose. Para conseguir uma remoção efetiva das bactérias, é necessário utilizar escovação, com fio dental e para finalizar, enxaguatório bucal.

2. O mau hálito é uma doença?

Não é considerado uma doença, mas pode indicar que algo não está bem. É natural as pessoas apresentarem mau hálito ao acordarem, pois é considerado fisiológico. Normalmente causada devido alimentos com odores fortes, fumo, doenças de gengiva, problemas na boca e garganta, e outras doenças mais raras.

3. Balas e gomas de mascar combatem o mau hálito?

Não. Balas estilo Halls e chicletes somente mascaram o mau hálito por um determinado tempo, mas depois volta, porém, dependendo da pessoa o efeito pode ainda ser contrário. Se apresentarem açúcar, podem agravar o mau hálito através do favorecimento de cavidades de cárie nos dentes.

4. Listerine agrava problemas de mau hálito?

O famoso enxaguatório bucal listerine não auxiliam para o mau hálito, pelo contrario, eles são realmente capazes de combatê-lo. É comprovado que o álcool é seguro e efetivo na diluição dos ingredientes dos enxaguatorios que combatem as bactérias que causam a gengivite e o mau hálito, pois permite uma penetração mais profunda dos óleos essenciais nas camadas mais internas do biofilme, além também de atuar como um conservante do produto.

5. É verdade que o mau hálito não tem cura?

Tem cura sim. Associar a limpeza correta é o caminho para se ter um bom hálito. Efetuar a escovação adequada dos dentes e língua, fio dental e para complementar, utilizar o uso de enxaguatório bucal. Essa combinação pode contribuir para o fim do mau hálito.

6. Aquele gosto ruim na boca é sinal de mau hálito?

Depende. Gostos amargos, azedos ou metálicos podem sim ser um sinal de que algo não está bem e que precisa ser avaliado, mas a alteração de paladar nem sempre está relacionada a halitose.

7. O mau hálito pode atingir as crianças?

Não, pois as crianças também estão susceptíveis ao mau hálito. E como falado anteriormente, ela está associada à incorreta higiene bucal, presença de cáries e inflamação nas gengivas. Aqueles que utilizam aparelho ortodôntico também podem ter problemas com o mau hálito, pois o aparelho dificulta uma higiene bucal adequada.

ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODOS OS ARTIGOS?
Receba diretamente em seu e-mail, um resumo com os novos artigos.

REDES SOCIAIS

Parceiro