Bomba de hidrogênio ou atômica. Qual a mais poderosa?

teste nuclear bomba

O artefato que o líder da Coréia do Norte, Kim Jong-un se vangloria por ter detonado como teste é uma bomba de hidrogênio, também conhecida como H-bomba ou bomba termonuclear. Mas como ela é realmente uma bomba mais poderosa que a bomba atômica?

O que se sabe é que ela tem sim um poder devastador, muito mais forte que qualquer coisa já vista pela humanidade. Se detonado um artefato desse nível, pode ocorrer a liberação do material radioativo e radiação eletromagnética muito mais catastrófico que as bombas lançadas no Japão.

Bomba Atômica

A diferença entre uma bomba atômica e de hidrogênio reside na sua operação. A primeira é uma bomba de fissão, o que significa que os núcleos dos átomos de urânio e plutônio são quebrados em átomos menores para liberar energia. Como a região nuclear por si só já libera muita energia, sua fragmentação acaba produzindo muito mais. Para se ter ideia, o  artefato detonado em Hiroshima tinha a mesma potência do que 15 mil dinamites.

bomba atômica

Bomba de Hidrogênio

A de hidrogênio é uma bomba de fusão, o que significa que os átomos precisam estar juntos para reunir forças e gerar uma enorme quantidade de energia. Ou seja, é mais fácil unir duas regiões nucleares do que separá-las.

bomba de hidrogênio

A capacidade de destruição destes dispositivos é medido em mil toneladas. Cada uma vale mil toneladas de dinamite. As bombas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki tinha uma capacidade destrutiva de cerca de quinze quilotons.

Até à presente data, somente os russos em 1961 teriam detonado uma bomba de hidrogênio, denominada de Zar baptizado, que chegou a atingir 50 mega toneladas.

FONTE: Quo
VEJA ESSES ARTIGOS TAMBÉM: