As misteriosas maldições ocorridas no filme “O Exorcista”

Exorcista 1973

O Exorcista é um filme estadunidense lançado em 1973, do gênero terror, realizado pelo Diretor e Roteirista William Friedkin, que se baseou em um livro homônimo de sua autoria. O filme fala sobre a possessão demoníaca de uma menina de apenas 12 anos de idade, por um demônio chamado Pazuzu. Sendo baseado em um exorcismo real ocorrido em 1949 de um garoto de apenas 14 anos, conforme documentos da época.

O filme foi o mais lucrativo de todos os tempos, se tornando o filme de terror mais visto no mundo e arrecadando o equivalente a U$ 441.306.145,00 em todo o mundo. Sua estréia foi dia 26 de dezembro de 1973 nos Estados Unidos e sua distribuição pela Warner Bros.

Após anos as pessoas fazem especulações sobre o filme, dizendo que estava escondido uma maldição aterrorizante e eventos misteriosos e perturbadores que aconteceram durante a produção do filme.

1. A maldição sobre “O Exorcista”

No início da produção do filme, pessoas relataram que algumas ocorrências estranhas estavam acontecendo, como luzes que caiam, vozes misteriosas que os microfones detectavam, fitas que foram apagadas sem nenhuma explicação, desaparecimento de objetos, e o mais estranho, foi um incêndio que aconteceu no estúdio acarretando o atraso em seis semanas na produção do filme.

2. Morte real

No filme, o ator Jack MacGowran é o primeiro a morrer, despencando de uma escadaria enorme. Uma semana após terminar as gravações, Jack morreu de verdade vítima de uma pneumonia.

3. Misteriosos acidentes

A atriz principal, Linda Blair, que interpretou a menina possuída até hoje ainda tem consequências e dores nas costas devido a um acidente envolvendo o chicote usado para simular ela subindo nas paredes da sala. Mortes de alguns atores, técnico de efeitos especiais e um vigia do estúdio também ocorreram.

4. A corda do mal

A atriz Ellen Burstyn, que fazia a mãe da garotinha demoníaca, sofreu uma grave lesão na cena em que é atirada para longe pela filha. O técnico responsável por puxá-la com a corda se empolgou um pouco e deixou a atriz lesionada.

5. Uma obra sangrenta em todas as versões

A maldição não se limita ao tiroteio do filme, nem os ataques de desmaio ou de pânico no público. Em 1975, ele estreou no teatro em Londres sua versão teatral de “O Exorcista”. A atriz Mary Ure que interpretou a garota possuída foi para casa após a primeira noite e no dia seguinte foi encontrada morta na banheira de seu apartamento ao lado de restos de vômito. Especialistas Forenses disseram que ele morreu de asfixia causada pelo próprio vômito. Mais tarde foi descoberto mais tarde que a atriz cometeu suicídio.

Verdade ou não, o fato é que estes acontecimentos criaram uma curiosidade enorme pelos fãs dos filmes de terror, consequentemente, levando mais públicos para o cinema.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

REDES SOCIAIS

Parceiro