As 20 criaturas demoníacas dos mitos e religiões

mitos e criaturas monstruosas e demoníacas

1. Gaki

Também denominado como o “fantasma faminto”, um Gaki é um espírito encontrado em algumas religiões indianas que vive ao redor do sofrimento, de fome extrema e sede. Conforme essas religiões, pessoas que costumavam ser corruptas, ciúmes e gananciosas em uma vida anterior retornam como uma preta nesta vida.

Os fantasmas famintos eram os mais temidos pelos budistas, pois eles roíam a carne dos condenados pela eternidade, nunca sendo capazes de saciar a fome por causa de seu pescoço fino.

fantasma faminto

2. Vetala

Uma Vetala é um fantasma da cultura mitológica hinduísta. Eles são definidos como espíritos que habitam nos cadáveres. Estes cadáveres podem ser utilizados como um meio de locomoção desses espíritos. Uma Vetala pode deixar o corpo à vontade.

Vetala
Imagem: Shutterstock

3. Ronove

O Ronove é considerado um grande conde do inferno e que tem e comanda uma legião de 19 demônios. É uma criatura que vaga por aí representado por guardar um bastão. Ele também é descrito como um ladrão de almas velhas, muitas vezes chegando à Terra para colher almas de seres humanos decrépitos e animais perto da morte.

Ronove ensina línguas. Ele humilha inimigos e ensina arte e retórica. Ele é um demônio de fogo e se especializa em pirocinese. Ele dá muita energia e também é especialista em línguas.

Ronove
Imagem: Shutterstock

4. Rakshasa

É um ser demoníaco que vem da mitologia hindu, mas também os encontramos em outras religiões, como o budismo. Eles são conhecidos como os demônios comedores de homens, onde a mitologia diz que eles comem suas vítimas vivas.

São seres considerados muito maldosos e que rosnam com bestas e como insubordinados canibais que podem sentir cheiro de carne. As criaturas mais ferozes têm olhos vermelhos e cabelos flamejantes, e bebem sangue com as palmas ou com um crânio humano.

Imagem: Wikipedia
Imagem: Wikipedia

5. Xing Tian

Na mitologia, Xing Tian é um deus com más intenções e que luta contra a Divindade Suprema inconstantemente, mesmo depois de perder a cabeça. Perdendo a luta pela supremacia, ele foi decapitado e sua cabeça enterrada em Changyang Mountain. Mesmo sem a cabeça, ele continua a luta, com seu escudo na mão e um machado na outra.

Xing Tian
Imagem: commons.wikimedia.org

6. Lemures

Na antiga religião romana, os Lemures eram espíritos dos mortos inquietos ou malignos, e eram conhecidos pela sua aparência horrenda e perturbadora. Também acreditava que eles estivessem relacionados ao monstro grego Lamia, de onde deriva seu nome.

lemures fantasma
Imagem: Shutterstock

7. Jorogumo

De acordo com a antiga religião japonesa, um Jorogumo é um monstro sedento por sangue, mas na maioria das histórias ele é descrito como uma mulher muito atraente em forma de uma aranha e que seduz suas vítimas, as aprisiona em sua teia e depois as devora.

Jorogumo

8. Hundun

Hundun é um ser demoníaco que não possui rosto na mitologia chinesa e a fonte de desastre e caos na cosmogonia chinesa. Esse é um demônio muito antigo e conforme a tradição chinesa, ele existia antes mesmo do céu e da terra serem separados, em outras palavras, antes do Big Bang.

Hundun
Imagem: Wikipedia

9. Buer

Buer é um espírito que aparece na literatura demonológica do século XVI, onde é relatado com um poderoso do inferno que detêm de 50 legiões de demônios sob seu comando. Segundo as fontes, Buer teria uma cabeça de leão e quatro pernas de cabra para que ele possa se locomover por todas as direções.

Buer
Imagem: commons.wikimedia.org

10. Eligos

Eligos também conhecido como Abigor ou Eligor é um Grande Duque do inferno de acordo com a demonologia e que governa sessenta legiões de demônios.

Ele conhece o futuro das guerras e descobre coisas escondidas. Ele é retratado como um cavaleiro piedoso carregando uma lança, um estandarte (bandeira ou padrão) e uma serpente que parece uma cruz entre uma cobra e um lagarto.

Alternativamente, ele é retratado como um fantasma ou algo fantasmagórico, que cavalga em um cavalo semi-esquelético. Foi criado a partir dos restos de um dos cavalos do Jardim do Éden.

Eligos
Imagem: Shutterstock

11. Barbatos

Barbatos é um demônio do dia, um conde e duque do inferno que governa trinta legiões de demônios e tem quatro reis como seus companheiros para comandá-los.

Segundo a mitologia, ele leva os homens a acreditarem que há um tesouro escondido pela magia dos mágicos, mas, claro, ele pede um alto preço em troca de desse tesouro, suas almas.

Ele suaviza a todos os mal-entendidos e acalma os sentimentos das pessoas magoadas. Ele dá a capacidade de compreender e se comunicar com os animais. Ele tem cabelos loiros e longos e brilhantes asas da cor branca. Ele é perfeito e sua pele é bronzeada.

Barbatos
Imagem: commons.wikimedia.org

12. Azi Dahaka

Azi Dahaka na mitologia e nas religiões iranianas é um demônio da. Ele é descrito como um ladrão de gados e por atacar os seres humanos. Azi Dahaka tem a aparência de uma serpente com três cabeças e seis olhos que também personifica a opressão babilônica do Irã.

Azi Dahaka
Imagem: Wikipedia

13. Agares

Agares é conhecido por comandar 31 legiões demoníacas e era da Ordem das Virtudes. Ele aparece na forma de um homem velho montado em um crocodilo e carregando um gavião. Ele pode exaltar as pessoas, ensinar todas as línguas e fazer os espíritos da terra dançarem.

Ele tem o poder de percorrer rapidamente grandes distâncias e retornar quando solicitado. Ensina todas as línguas ou dialetos presentemente.

Agares
Imagem: Wikipedia

14. Abaddon

No livro de Apocalipse, um anjo chamado Abaddon, que se parece com Satanás, é descrito como o rei de um exército dos gafanhotos. Ele tem um tridente, asas intimidadoras, uma cauda igual a de uma cobra, e um rosto demoníaco com olhos selvagens. Seu nome em grego antigo significa “destruidor”.

Abaddon
Imagem: Wikipedia

15. Asag

Conforme a antiga religião suméria, Asag é um demônio estranho, extremamente terrível e assustador, onde sua presença é tão horrenda que pode fazer os peixes ferver até a sua morte nos rios.

Asag
Imagem: Wikipedia

16. Dybbuk

Na mitologia judaica, um Dybbuk é um espírito malévolo que domina uma pessoa até a sua morte. Essa criatura maliciosa se apodera do corpo da pessoa após ter realizado o seu objetivo. Tornou-se amplamente conhecido no século XX no jogo de S. Ansky The Dybbuk.

Dybbuk
Imagem: Wikipedia

17. Ghoul

O Ghoul é uma criatura da mitologia árabe antiga. É retratado como um monstro morto-vivo, estilo um zumbi, que também pode assumir a forma de um espírito imaterial e normalmente vai para os cemitérios comer a carne das pessoas que morreram recentemente.

ghoul
Imagem: commons.wikimedia.org

18. Succubus

Um Succubus é um demônio que na lenda medieval foi um invasor dos sonhos dos homens na forma de uma mulher muito atraente, a fim de seduzi-los ou violá-los se eles resistissem à sua beleza estupenda.

Succubus
Imagem: Shutterstock

19. Pishacha

Pishachas são conhecidos por serem os demônios carnívoros mais terríveis do mito hindu. Eles foram descritos como tendo uma tez escura, com veias protuberantes e olhos vermelhos salientes e sempre com fome de carne humana.

Pishacha
Imagem: Shuttestock

20. Belphegor

Na mitologia ocidental, Belphegor teria sido um demônio e um dos sete príncipes do inferno, que se apodera de pessoas gananciosas. Ele os seduz com a sugestão de que suas invenções poderiam os tornar ricos, mas no final das contas, essas pessoas acabam perdendo sua alma para essa criatura demoníaca.

Belphegor
Imagem: Wikipedia

 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Curta nossa página

Parceiro

O Super Curioso