As 10 raças de cães mais perigosas do mundo

Cães perigosos PitBull

As raças de cães mais perigosas do mundo

Muitos deles tem essa feição dócil e carinhoso, não que eles não sejam, mas por extinto tem seu lado predador.

1. Tosa Inu

O Tosa Inu é um enorme cão, chega a cão enorme, com algumas variações de pesagem em qualquer lugar. Originalmente criado para ser um cão de combate, ele é considerado perigoso e legalmente restrito em alguns países.

tosa-inu-racas-perigosas

2. American Bandogge

Este cão é incrivelmente forte é um híbrido entre um americano Pit Bull Terrier e um Mastim Napolitano. Apesar de sua aparência muscular, o cão não foi originalmente criado para o combate. No entanto, alguns têm usado como cão de combate.

American-Bandogge-Mastiff

3. Cane Corso

O Cane Corso é um cão bem musculoso. A raça é conhecida como um verdadeiro e muito possivelmente o último dos Mastiffs, e é um descendente do Canis Pugnax, que eram cães utilizados pelos romanos na guerra.

Cane-Corso

4. Bull Terrier

Conhecido por suas grandes cabeças em forma de ovo, os Bull Terriers são excepcionalmente fortes. Apesar de não ser particularmente agressivo, a raça é conhecida por ter um “drive de caça” forte que faz com que o Bull Terrier seja um cão perigoso para com os animais menores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

5. Rhodesian Ridgeback

Originário da África do Sul; este cão é conhecido por sua capacidade de manter os leões longe da rapina. Este cão de caça semi-domesticado é leal e inteligente, mas é muito arisco com estranhos. Eles também exigem treinamento, evasão de tratamento áspero e boas habilidades de socialização, uma vez que pode ser mais sensível e pode desenvolver um lado agressivo.

Rhodesian Ridgeback

6. Malamutes do Alasca

A raça de cão relacionado com o Husky Siberiano, esta raça requer exercícios diários para ser feliz, caso contrário ele vão ficar estressados, desobedientes e destrutivos. Esta grande raça de cão doméstico podem crescer bastante e são ótimos companheiros para atividades como kart, dentre outros. Uma vez que eles são conhecidos por sua forte independência, eles podem ser difíceis de treinar, lidam mal com os animais menores, e não são confiáveis como cães de guarda.

Malamutes do Alasca

7. Rottweiler

Rottweilers são uma raça poderosa com pastoreio genético bem desenvolvido e os instintos de guarda. Possuem o comportamento potencialmente perigoso. A força do Rottweiler é algo que não deve ser negligenciado.

rottweiler

8. Pastor Alemão

Uma raça de cães que se originaram da Alemanha. Conhecido por ser inteligente, confiante e alerta, vigilante, e destemido; a polícia é o que mais utiliza dessa raça para auxiliá-los. No entanto, é preciso ter cautela com pastores, como eles podem se tornar super-protetores de sua família e do seu território, e se não forem socializados corretamente; pode levar a ataques.pastor-alemao

9. Pitbull

O termo “pit bull” abrange certas raças de cães da American Pit Bull Terrier, o American Staffordshire terrier e o buldogue americano. Originalmente criados para abaterem touros, em sua maioria foram utilizados para a luta de cão em várias partes do mundo e é considerado como o cão mais perigoso da América.

pitbull

10. Ovcharka Caucasiano

O Ovcharka caucasiano também conhecido como o Pastor Caucasiano, foi criado para proteger os animais. O típico Ovcharka caucasiano é assertivo, de temperamento forte e corajoso. No entanto, se não for devidamente socializados e treinados, o Pastor Caucasiano podem apresentar tendências ferozes e incontroláveis, uma vez que não aceita pessoas que não conhece e tem um poderoso impulso para defender.

Pastor-Caucasiano

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Curta nossa página

Parceiro

O Super Curioso