As 10 igrejas mais famosas do mundo

igrejas famosas

Igreja é uma instituição religiosa cristã separada do Estado, ou uma comunidade de fiéis ligados pela mesma fé e submetidos aos mesmos chefes espirituais. Cabe à Igreja, fazer caridade, administrar o dinheiro do dízimo, o dinheiro das ofertas, construir templos, ordenar sacerdotes, mantê-los e repassar, para seus crentes, a interpretação da Igreja sobre a Bíblia. Elas também mostram que resultados incríveis podem ser obtidos pela combinação de uma engenharia audaciosa e arquitetura engenhosa.

1. Sagrada Família, Barcelona, Espanha

Templo Expiatório da Sagrada Família, ou também denominada apenas como Sagrada Família, é um grande templo católico da cidade catalã de Barcelona, na Espanha. A igreja foi desenhada pelo arquiteto catalão Antoni Gaudí, e considerado por muitos críticos como a sua obra-prima e expoente da arquitetura modernista catalã. O projeto foi iniciado em 1882 e assumido por Gaudí em 1883, e financiada unicamente por contribuições privadas , porém até hoje ela não foi concluída. A igreja é Patrimônio Mundial da UNESCO. A demora se deve principalmente por causa de seu tamanho gigantesco, o que significa que no tempo necessário para completar a construção do plano original, a construção mais antiga precisaria ser renovada e este processo nunca terminaria. É uma das mais famosas igrejas do mundo.

igreja sagrada familia barcelona

2. Catedral de São Basílio, Moscou, Rússia

Construída sob a ordem de Ivã IV da Rússia, para comemorar a captura de Kazan e Astracã, marca o centro geométrico da cidade e o centro do seu crescimento, desde o século XIV. Foi o edifício mais alto de Moscou até a conclusão do Campanário de Ivã, o Grande, em 1600. Essa igreja além de sua incrível arquitetura é bem colorida, sendo muito incomum para uma igreja. Ela também é um Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1990 e talvez seja uma das igrejas mais famosas do mundo, uma vez que muitas vezes é apresentada em filmes.

Catedral de São Basílio Moscou

3. Catedral de Notre-Dame de Paris, França

Essa é uma das mais antigas catedrais francesas em estilo gótico. Sua construção foi iniciada no ano de 1163, e é dedicada a Maria, Mãe de Jesus Cristo. Fica localizada na praça Paris, na pequena ilha Île de la Cité em Paris, França, rodeada pelas águas do Rio Sena.

Catedral de Notre Dame

A catedral surge intimamente ligada à ideia de gótico no seu esplendor. A arquitetura gótica substituiu as paredes grossas das igrejas românicas por colunas altas e arcos capazes de sustentar o peso dos telhados. Como consequência, os edifícios góticos ganharam um aspecto mais leve, e as janelas, mais amplas e altas, foram decoradas com belos vitrais coloridos que filtravam a luz natural, e com isso, criavam um “clima” de misticismo em seu interior. É uma das principais atrações turísticas da França e continua a inspirar artistas e arquitetos.

4. Basílica de São Pedro, Vaticano, Itália

Esta Igreja Católica Romana é a sede do poder papal e está localizada na Cidade do Vaticano, um enclave na Itália. Trata-se do maior e mais importante edifício religioso do catolicismo e um dos locais cristãos mais visitados do mundo. Situada na Praça de São Pedro, a sua construção recebeu contribuições de alguns dos maiores artistas da história da humanidade, tais como Bramante, Miguel Ângelo, Rafael e Bernini.

Basílica de São Pedro

Ela foi projetada no auge do Renascimento pelo famoso artista Michelangelo e tem a cúpula mais alta do mundo, medindo mais de 136 metros.

5. Abadia de Westminster, Londres, Inglaterra

É um dos edifícios mais emblemáticos no país. A Igreja do Colegiado de São Pedro em Westminster mais conhecida como Abadia de Westminster é uma grande igreja em estilo gótico, sendo considerada a igreja mais importante de Londres e, algumas vezes, de toda a Inglaterra. É famosa mundialmente por ser o local de coroação do Monarca do Reino Unido. Foi construída no século XI e reformada e concluída entre os séculos XIII e XIV. Atualmente é Patrimônio Mundial da UNESCO.

Abadia de Westminster

6. Catedral de São Paulo, Londres, Inglaterra

Essa igreja, mas conhecida como Catedral de São Paulo é uma catedral anglicana localizada em Ludgate Hill, na cidade de Londres. É a sede do Bispo de Londres.

Catedral de São Paulo Londres

O edifício atual foi arquitetado por Christopher Wren, no século XVII. A catedral é atualmente um dos sítios de maior visitação na cidade de Londres. Foi também nesta catedral que Charles, Príncipe de Gales, casou-se com Lady Diana Spencer, em 1981. A cúpula da catedral é a segunda maior do mundo, só perde para a Basílica de São Pedro.

7. Basílica da Natividade, Belém, Palestina

A Basílica da Natividade, também conhecida como Igreja da Natividade é uma das mais antigas igrejas ainda em uso no mundo. Sua estrutura foi construída sobre uma caverna que a tradição cristã marca como o local de nascimento de Jesus. Em razão de os muçulmanos considerarem Jesus como sendo o segundo maior profeta islâmico, o local é considerado sagrado tanto para o cristianismo como para o islamismo.

Basílica da Natividade. Belém, na Cisjordânia

A estrela de prata marca o local tido como o ponto exato do nascimento de Jesus. Sua construção data do ano de 326. Atualmente ela pertence a Igreja Ortodoxa Oriental, a Igreja Armênia e a ordem dos monges franciscanos.

8. Igreja do Santo Sepulcro, Jerusalém

A Basílica do Santo Sepulcro, também conhecida como Igreja da Ressurreição é um templo cristão localizado no Quarteirão Cristão da Cidade Velha de Jerusalém onde, segundo a tradição, Jesus teria sido crucificado, sepultado e, ao terceiro dia, teria ressuscitado. Administrada e repartida entre as igrejas Católica Romana, Ortodoxa, Armena, Ortodoxa Copta, Ortodoxa Siríaca e a Igreja Ortodoxa Etíope, constitui um dos locais mais sagrados da cristandade. É um dos locais mais sagrados para os cristãos e tem sido adorada desde o século IV.

Igreja do Santo Sepulcro Israel

9. Basílica de São Marcos, Veneza, Itália

A Basílica de São Marcos foi construída em 1650 e é a mais famosa das igrejas de Veneza, e um dos melhores exemplos da arquitetura bizantina. Localizada na Praça de São Marcos, ao lado do Palácio dos Doges, a basílica é a sede da arquidiocese católica romana de Veneza desde 1807.

A primeira igreja localizada neste lugar foi licenciada em 832 d.C. e foi reconstruída muitas vezes desde então. Devido o seu estilo arquitetônico incrível ela atrai milhões de turistas ao ano.

Basílica de São Marcos

10. Hagia Sophia, Istambul, Turquia

A Basílica de Santa Sofia, também conhecida como Hagia Sophia é um imponente edifício construído entre 532 e 537 pelo Império Bizantino para ser a catedral de Constantinopla. Da data em que foi dedicada em 360 até 1453, ela serviu nesta função, com exceção do período entre 1204 e 1261, quando ela foi convertida para uma catedral católica romana durante o Patriarcado Latino de Constantinopla que se seguiu ao saque da capital imperial pela Quarta Cruzada. O edifício foi uma mesquita entre 29 de maio de 1453 e 1931, quando foi secularizada. Ela reabriu como um museu em 1 de fevereiro de 1935.

Hagia Sophia

FONTE: Wikipédia
VEJA ESSES ARTIGOS TAMBÉM:

Deixe seu comentário

Clique aqui para deixar um comentário