A incrível história dos mais famosos Dinossauros

Conhecendo um pouco sobre os mais famosos Dinossauros

Dinossauros ou dinossáurios constituem um grupo de diversos animais membros do clado Dinosauria. Segundo alguns especialistas, acredita-se que os Dinossauros tenham surgido há pelo menos 240 milhões de anos, e que, durante mais de 13o milhões de anos, foram a espécie que dominaram a Terra, entre um período geológico de tempo que vai do Triássico até o final do período Cretáceo.

Os Dinossauros eram divididos em seis grupos: Terópodes, Saurópodes, Ceratopsídeos, Estegossauros, Anquilossauros e os Ornitópodes. Os Dinossauros muitas vezes chegavam a pesar grandes toneladas e se alimentavam de carne, frutas, plantas e de insetos. Como eram muito pesados, tinham uma enorme dificuldade de locomoção, não eram tão velozes como se mostram nos filmes.

Extinção dos Dinossauros

Talvez a teoria mais válida para explicar a extinção dos dinossauros seja de que um gigante meteoro de aproximadamente 14 km de diâmetro tenha caído na terra, na região do atual México, no período Cretáceo. Levantando assim uma grande poeira que cobriu a Terra por meses, impedindo a penetração de raios solares. Consequentemente os animais foram morrendo aos poucos por falta de luz solar, assim como os vegetais também. Devido a escassez de alimentos, os dinossauros foram morrendo de fome, com exceção das espécies emplumadas.

Descendentes dos dinossauros

Os paleontólogos analisaram diversos fósseis de dinossauros e chegaram a algumas conclusões. O Velociraptor, por exemplo, evoluiu para algumas espécies de aves que conhecemos hoje. Animais como o dragão de comodo e diversas espécies de lagartos também são parentes diretos de alguns tipos de dinossauros.

Nome das principais espécies de dinossauros

Tiranossauro Rex

Os Tiranossauros viveram em toda a região que hoje é considerada como America do Norte. São um gênero de dinossauros terópodas coelurossauros que viveram durante o final do período cretáceo, há aproximadamente 65 milhões de anos.

Tiranossauro Rex

Rex Diplodocus

É um dos dinossauros mais conhecidos. Sua espécie é herbívora e quadrúpede e viveu durante o período Jurássico há aproximadamente 136 a 170 milhões de anos. Essa espécie possui uma cauda com mais de 15 metros, sendo do tamanho de um Tiranossauro. Seu maior tamanho chegava a 40 metros de comprimento e pesava cerca de 15 toneladas.

Rex Diplodocus

Velociraptor

É um gênero de dinossauro terópode e viveu aproximadamente a 71 a 75 milhões de anos, durante a última parte do período Cretáceo. Duas espécies são reconhecidas atualmente, embora outras tenham sido atribuídas no passado.

Velociraptor

Pteranodon

O pteranodonte foi um réptil pré-histórico voador da ordem Pterosauria, que viveu no fim do período Cretáceo, na região da atual América do Norte. Foi um dos maiores pterossauros que existiram, com cerca de 7,5 m de envergadura.

Pteranodon

Antarctossauro

O Antarctossauro viveu no atual continente da América do Sul. Foi uma espécie de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu durante o período Cretáceo. Era um animal gigantesco, mesmo para os padrões de um dinossauro.

Antarctossauro

Saltasaurus

O Saltassauro foi uma espécie de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu durante o período Cretáceo. Seu tamanha chegada a 12 metros de comprimento, 5 metros de altura e pesava cerca de 8 toneladas.

Saltasaurus

Elasmosaurus

Elasmosaurus viveu na atual América do Norte. Foi um réptil pré-histórico da ordem Plesiosauria que viveu no fim do período Cretáceo. Este réptil, como os outros plesiossauros, vivia em habitat marinho.

Elasmosaurus

Brachiosaurus

O Braquiossauro cujo nome significa “lagarto braço”, dado os seus membros anteriores serem maiores que os posteriores, era um gênero de dinossauros saurópode que viveu durante o fim do período Jurássico.

Brachiosaurus

Você sabia?

Paleontólogos da Argentina descobriram em maio de 2014 fósseis de um saurópode (espécie de brontossauro) de 40 metros de comprimento e 20 metros de altura. Os fósseis foram encontrados no deserto da Patagônia (sul da Argentina) e tem grande importância para o estudo dos dinossauros, pois já são são considerados fósseis do maior dinossauro do mundo.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER